20°C 32°C
Campo Grande, MS
Publicidade

Projeto prevê leitos especiais a pessoas com deficiência, idosos e com obesidade

Apresentado na sessão plenária desta quinta-feira (7), pelo Professor Rinaldo Modesto (Podemos). O parlamentar também apresentou outra proposta nesta quinta-feira.

07/03/2024 às 14h41
Por: Redação Fonte: Osvaldo Júnior / ALEMS
Compartilhe:
Projeto Rinaldo Modesto aprestou os projetos de lei na sessão plenária desta quinta-feira/ Foto: Luciana Nassar /ALEMS
Projeto Rinaldo Modesto aprestou os projetos de lei na sessão plenária desta quinta-feira/ Foto: Luciana Nassar /ALEMS

As unidades de saúde poderão ser obrigadas a disponibilizar macas, camas e mobiliários adaptados para pacientes idosos sem mobilidade autônoma, pessoas com deficiência e ou com obesidade grave ou mórbida nas unidades hospitalares do sistema de atendimento à saúde pública e privada de Mato Grosso do Sul. É o que dispõe o Projeto de Lei 45/2024, apresentado na sessão plenária desta quinta-feira (7), pelo Professor Rinaldo Modesto (Podemos). O parlamentar também apresentou outra proposta nesta quinta-feira.

O projeto também inclui, nas obrigações dos hospitais, clínicas e consultórios, modificações necessárias na estrutura física e mobiliária dos leitos para atender, com qualidade necessária, às pessoas idosas, com deficiência ou com obesidade. “Observando as entidades que prestam assistência à saúde, nota-se a necessidade de uma obra acessível a pessoas com deficiência e que necessitam de macas ou camas adaptadas às condições de recuperação quando internadas ou durante a realização de exames e consultas médicas”, observa o deputado na justificativa da proposta.

Dia da doula

O deputado Professor Rinaldo também apresentou o Projeto de Lei 44/2024, que cria o Dia Estadual da Doula, a ser comemorado, anualmente, no dia 18 de dezembro. A homenagem, de acordo com o parlamentar, é uma “reinvindicação dessa importante classe profissional em atuação e, Mato Grosso do Sul e que desempenha atividades indispensáveis ao parto humanizado”, afirmou.

Fincado o período de pauta para eventual recebimento de emendas, os projetos serão analisados pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). Caso recebam pareceres favoráveis quanto à constitucionalidade, os projetos serão analisados pelas comissões de mérito e em sessões plenárias.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Campo Grande, MS
23°
Tempo limpo

Mín. 20° Máx. 32°

23° Sensação
3.09km/h Vento
60% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h14 Nascer do sol
06h07 Pôr do sol
Seg 32° 22°
Ter 33° 23°
Qua 32° 18°
Qui 28° 16°
Sex 29° 16°
Atualizado às 21h01
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,81 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,13%
Bitcoin
R$ 363,777,29 -1,08%
Ibovespa
121,341,13 pts 0.74%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Lenium - Criar site de notícias